Os Nossos Amigos

Etiquetas

A VOAR NA POESIA (5) A) (6) Alessandra Brander (7) Alvaro Sertano (3) Ana Stoppa (25) Anderson Gouvêa (18) Antonio Anjes (11) Antonio Carlos Gomes (39) António Patrício (6) AQUELE POEMA (Gerlane Fernandes) (18) ARTE (6) AUTORES NA ANTOLOGIA VOAR NA POESIA (339) Barbara Nunes Guarany Kaiowá (46) Bosco da Cruz (10) Bruno Junger Mafra (22) CARD DA SEMANA (447) Carlos Lobato (9) Carlos Manuel Alves Margarido (48) Carmem Teresa Elias (5) Céu Pina (34) Claudemir Geronazzo Mena (21) Claudia Salles (11) Cleody Virgínia Silveira (1) Conceição Oliveira (9) CONCURSOS DE POESIA (1) Cris Anvago (19) Cyda Lyra (26) DECLAMAÇÕES-canções-etc. (12) Denise Alves de Paula (50) Dennys Távora (5) DESGARRADA POÉTICA (4) Dilma de Caboclo (12) Dulce Morais (18) Edleuza Nogueira Fonseca (18) Edson Moreira Costa (7) Elian Vieira Silva (13) Enide Santos (67) Eugenia Silveira (5) Fátima Abreu (Fatuquinha) (5) Felipe Rey Rey (12) FELIZ NATAL (46) Fernando Figueirinhas Nana (Naná) (21) FILHOS de Amigos (15) Flávia Marques (5) Flávio Castorino [FlaVcast] (3) FORMATAR (262) Francis Raposo Ferreira (10) Francisco Costa (46) Francisco Settineri (6) Freddy Diblu (13) Geane Masago (78) Gilberto de Almeida (2) Gilberto Wallace Battilana (6) Guria da Poesia Gaúcha (4) HAIKU - HAIKAI pela IMAGEM (6) Imara Ione Vieira (64) Irá Rodrigues (45) Isabel Lucas Simões (9) Jair Francisco da S. Junior (4) Jair Lisboa (7) Janaina Cruz (9) João Raimundo Gonçalves (jrg) (7) Joaquim Barbosa (14) Jonas R. Sanches (25) José Alberto Sá (13) José Carlos Moutinho (3) José Manuel Cabrita Neves (47) Jussara Marinho (18) Kondor My (3) Laisa Ricestoker (43) Leny Mell (41) Leyla Denyse (27) Lilian Reis (12) LIVROS DE POESIA (ALFARRABISMO) (62) Lúcia Polonio (31) Luciana Saldanha Lima (14) Luly Diniz (3) Magda Lopez (27) Marah Mends (4) Mari Alves (51) Maria C. Batista (83) Maria Elisa Ribeiro (24) Maria Helena (12) Mary Rosa (33) Menções Honrosas (339) Miriam Lorente Rodrigues (13) Moacir (23) Neidinha Borges (26) OFICINAS-WORKSHOPS-ETC. (1) Oswaldo Genofre (7) Paula Lourenço (6) Paulo Henriques Frias (7) Paulo Ras (4) POEMA DA SEMANA (68) POEMA TEMÁTICO (20) POESIA (1061) POESIA PARA CRIANÇAS - GRUPO (22) POETA DA SEMANA (4) POETAR (204) PRÉMIO VOAR NA POESIA. (33) Profª Fatuca Silva (8) QUEM É? (37) Rafael Silvestre (6) Renata Bicca (4) Rita Pinho (59) RÓ MAR (54) Rosa Ralo (7) Rosane Ramos (3) Rosiane Ceolin (6) Rudi Ceu (4) San Art's (15) Sérgio Lizardo (9) Silvia Dunley (2) Silvia Regina Costa Lima (4) Sol da noite (45) Sol Figueiredo (13) Solange Moreira de Souza (28) Sulamita Ferreira Teixeira (15) Teresinha Oliveira (Terê Oliva) (54) Valdecir de Oliveira Anselmo (35) Valter José Guerreiro (7) Vitor Moreira (14) VOAR NA POESIA - Aniversários (4) Vrs Palegre (19) Wilma Langer (26) Zé Loureiro (9)

Desde 17 de Agosto 2012

sábado, 26 de janeiro de 2013

MINHA AMIGA, ESTA CARTA É PARA VOCÊ.- Jussara Marinho

"POETAR" 3/2013
26.01



 
 
Jussara Marinho
MINHA AMIGA, ESTA CARTA É PARA VOCÊ.



"Abraço você, hoje, minha Amiga, não com os braços do Encontro físico....existe a Distância.
Meu Abraço é outro; mais particular, mais Espiritual.
Eu a envolvo num abraço mais profundo, e que não precisa de certificado de Autenticidade, como tudo que existe na Seara dos Sentimentos.

Um abraço que só pode ser sincero, por que nascido da Alma. Um abraço forte, estreito, longo, como costumam ser os Assuntos do Coração.

Não a quero cabisbaixa ou triste, por maiores que sejam as Tempestades que possam estar rugindo em seu Coração; como acontece com todos nós. O sorriso pronto precisa estar presente. A risada boa, de quem sabe que a vida não pode ser levada muito a sério também. Aquele riso que começa, primeiro, nos olhos, depois nos lábios, e se derrama, inteiro, envolvendo todos à sua volta, deve pontuar, sempre, todos os seus momentos.

A palavra amiga, a abordagem exata, contemplando a todos, sem reservas. Torne-se quase onipresente. Saiba estar em todos os lugares em que sua presença se fizer necessária. Sempre se entregando, por inteiro, no que se propuser a fazer. Não permita o meio termo . Inevitável, então, você se agigantar, aos olhos daqueles que a rodeiam.

Quando as pessoas pensarem em você, que pensem em Alegria, em Coragem, em Força e Fortaleza.. Mas que pensem também em Delicadeza, em Doçura, em Suavidade. Cuide muito bem dos que lhe são caros; seja muito competente nisto; e pense que não saberia fazer diferente, mesmo que quisesse.

Não se permitia a Amargura. Nos Olhos, o Brilho de quem quer, da Vida, nada menos do que Tudo que ela tem a Oferecer. O brilho inconfundível de quem não faz Acordos com Existências medíocres, ou desprovidas de Sentido.

Quero, quando pensar em você, pensar em Decência; atributo de caráter tão em falta, infelizmente, nos dias correntes. Pensar em Nobreza de Espírito. Assim, pensar em você estará ligado a tudo que se precisa ser, nesta Vida.

E é assim que se instala aquele tipo de Afeto que, atemporal, ignora tempo ou distância. Ele simplesmente permanece. E transcende.
Quando seus amigos precisarem, arregace as mangas e vá para o campo de batalha. Seja amiga, irmã, cúmplice, aliada. É o tipo da dívida de gratidão que não podemos pagar; não há como.

São nestas horas; nestes momentos-limite, nos quais a Vida nos testa, da pior forma, que os Amigos se revelam. Busque ser sempre impagável.

Hoje, minha amiga, enquanto escrevo a você, espero que , antes de qualquer outra coisa, a Chama, a intensa Chama que sempre brilhou em seu interior, esteja mais Forte do que Nunca.

A despeito de todos os desenganos, de eventuais falsas apostas, de equivocadas escolhas, de mágoas, por não assistirmos o reconhecimento do quanto nos doamos, do quanto nos preocupamos com o outro, que você esteja Inteira, minha amiga.

Que você paire acima de qualquer ressentimento que lhe diminua o sorriso. Ou que lhe encha de sombras, os olhos. Por que você está acima de todas estas coisas comezinhas que constituem o nosso dia a dia.

As pessoas podem ser cruéis ( por vezes, sequer se dão conta disto); esta Dor só pode nos fortalecer. Não podemos permitir que seja diferente.

Somos humanas, falíveis, erramos. Só não podemos nos arrepender. Naquele momento, naquele contexto, naquelas circunstâncias, fizemos o que julgávamos ser o certo e o melhor a ser feito.
Ser muito severa consigo mesma, é uma armadilha fácil de cair.

Não se Permita Acreditar que podemos ter o Controle de tudo. Não podemos. Simplesmente não podemos.

Se você construiu uma família linda, orgulhe-se de cada um . Mas, orgulhe-se, primeiro, e sempre, de si mesma. Sem seu arrimo, sua dedicação, seu empenho, seu amor incondicional, muita coisa talvez não tivesse sido possível; ou os caminhos, de cada um, teriam sido diferentes.

Precisamos dar sempre um Crédito à Vida. Para que a Esperança permaneça. É esta Esperança, sempre viva em você, que espero estar intocada; ou ,do contrário, que esteja Maior. Seja sempre uma das melhores pessoas que passam por nossa vida. Busque ser lembrada assim. É desta forma que nascem as Alianças acontecidas Na alma. E nada se iguala a isto.

Que pensar em você signifique, sempre, conversa boa, riso ;conversa séria, conversa para passar o tempo...Mas, sempre o papo bom, descontraído, pontuado por muito riso e humor. A Estima intocada.

Então, eu a abraço hoje, minha amiga , com aquele abraço que só pode ser dado, por quem gosta de verdade. Que sua Vida esteja acontecendo Feliz, Sereno, harmonioso. E, se não está sendo desta forma, se as coisas não estão correndo exatamente como gostaria, tudo bem também. Faz parte. É da Vida.

O que importa mesmo, de verdade, é que você jamais perca, de vista, a mulher que você é. Uma mulher que sempre lutou suas lutas, com um sorriso nos lábios; mesmo nos momentos em que este sorriso tenha sido arrancado a duras penas...esta é Você.

Jamais deixe de Celebrar a Vida; nosso maior legado. E sempre, resgatar cada sonho, cada plano, cada objetivo traçado.

Procure ser uma pessoa Ensolarada e Plena .Uma mulher que, como poucas, busca fazer a Diferença.

E, mais importante do que tudo, busque ser Feliz...por que o resto, minha amiga, é o resto; é bobagem."

****************

Sem comentários:

Enviar um comentário